RSS

Cuidando dos olhos.

Mirtilo, o blueberry brasileiro



Uma pequena fruta, uma grande promessa. É em um vale da Serra Gaúcha, em Forqueta, região de Caxias do Sul, que uma família inteira trabalha no cultivo de uma novidade: o agricultor Nestor Soga; a mãe dele, dona Mercedes; a mulher, Maria Inês e a filha Lílian. O nome da fruta é mirtilo. Ela é menor que a uva e, quando madura, fica da cor da jabuticaba. Mas o sabor do mirtilo é único, especial. E a semente é muito pequena.O mirtilo não é apenas uma fruta saborosa. Pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) comprovaram que o mirtilo produzido no Brasil tem as mesmas características do blueberry – a versão original da fruta, cultivada nos Estados Unidos e na Europa – e possui a mesma quantidade de pigmentos antocianos. É este pigmento que age de maneira benéfica no nosso organismo: combate os radicais livres, é antiinflamatório, melhora a circulação e reduz o colesterol ruim. Outro benefício comprovado do mirtilo está ligado à saúde dos olhos.
“Estudos científicos têm mostrado que o mirtilo previne doenças relacionados à visão, como catarata e glaucoma, melhorando a capacidade de leitura e o foco da visão. Os antocianos presentes no mirtilo têm a capacidade de reverter ou evitar o problema, prolongando a capacidade visual”, farmacêutico José Ângelo Zuanazzi, da UFRGS.
O poder de melhorar a visão atribuído ao mirtilo é uma história que vem desde a Segunda Guerra Mundial, quando os pilotos britânicos comiam mirtilo antes dos vôos noturnos. Eles acreditavam que assim enxergavam melhor os alvos inimigos.
Quem enxergou longe foi o padre Darci Bortolini. Há cinco anos ele decidiu apostar no mirtilo. E como acreditar faz parte da vida dele, padre Darci viu na pequena fruta a prosperidade sonhada pelas famílias da região. De casa em casa, ele começou a oferecer as mudas, que comprou com as próprias economias.
Mas ninguém pôs muita fé na crença do padre. Os produtores, acostumados a cultivar frutas mais populares, tinham medo de arriscar. Apesar do descaso de dona Mercedes, o filho Nestor emprestou um terreno para o padre plantar o mirtilo. Assim mesmo, meio desconfiado.
“É difícil chegar com duas plantinhas para alguém e tentar vender. Mas, se entre dez eu conseguir convencer uma, isso basta”, analisa o padre.
A plantação deu certo e se mostrou fácil de cultivar. Aos poucos, a criação de frangos, fonte de renda da família nos últimos 30 anos, foi sendo abandonada. No lugar das granjas, surgiram estufas, onde estão 140 mil mudas de mirtilo, prontas para espalhar a novidade.
“Com certeza, vai ser um costume brasileiro, mas ainda vai demorar alguns anos. A fruta é saudável, gostosa e o povo vai aprender a saboreá-la”, avalia Nestor.
O sucesso da plantação de Nestor encorajou outros agricultores. Quem orienta os novatos é o agrônomo Alverídes Santos, que, através da Embrapa, trouxe o mirtilo para o Brasil há 21 anos.
"Acredito nas pequenas frutas. É a cultura que mais cresce dentro da fruticultura no mercado europeu, no mercado do primeiro mundo. Por que nós aqui iríamos ficar de fora?", comenta o especialista.
Sagrada ousadia. Hoje, o agricultor Nestor e padre Darci reverenciam as virtudes prometidas pelo mirtilo, o blueberry brasileiro.
"Saúde, longevidade, juventude perene", ressalta padre Darci.


Fonte : Globo Reporter

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Migração de borboletas

 

Migração de borboletas pode ser afetada por clima, dizem cientistas

Borboletas-monarca devem finalizar ciclo migratório ainda neste mês.
Milhões delas devem viajar do Canadá até o México, passando pelos EUA.

 Borboleta-monarca fotografada em galho de árvore no estado de Vermont, nos Estados Unidos. Milhões destes animais devem migrar de regiões do Canadá para o México, passando pelos EUA, até o fim deste mês, segundo cientistas. Pesquisadores americanos afirmam que alterações e elevações de temperatura podem prejudicar a rota migratória das borboletas. (Foto: Toby Talbot/AP)

 

Fonte:G1 Globo Natureza

 

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Caranguejo Roxo


Cientistas do Museu de Zoologia Senckenberg encontraram uma espécie de caranguejo um pouco diferente. A casca dele chama a atenção por ser roxa.

O caranguejo roxo, de nome científico Insulamon palawanense, foi encontrado nas ilhas Filipinas, no arquipélago de Palawan. Eles ficam em pedras e em riachos e se alimentam de plantas mortas, frutas, carniça e pequenos animais.

 Apesar da carcaça roxa, o caranguejo tem garras e pernas avermelhadas. Para os pesquisadores, parece provável que a coloração sinalize o comportamento social do crustáceo, de acasalamento, por exemplo.

Essa é uma das quatro espécies de caranguejo de água doce descobertas pelos especialistas do Museu de Zoologia Senckenberg durante a expedição. Segundo o estudo, todas as novas espécies encontradas correm risco de extinção.

As principais ameaças a sobrevivência dessas espécies está no desmatamento da floresta para a mineração e a agricultura. Isso reduz o habitat dos caranguejos e polui a água.



Fonte: Exame Info

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Tigre-de-Bengala - O mais belo dos animais


De todos os animais que existe no mundo, um por um tem traços que os fazem embelezar, amedrontar, ou mesmo deixa-nos boquiabertos por tamanha beleza e singularidade dos pormenores de suas características. O tigre-de-Bengala, não raro esta entre os mais bonitos do mundo - e em primeiro lugar na minha lista; não obstante de sua beleza, é um dos grandes predadores do reino animal.
Infelizmente existem aproximadamente - dados de 2008 - cerca de 500 tigres-de-bengala vivos livres na natureza, sendo assim, uma das mais ameaçadas de extinção.
Mas de qualquer maneira, quando deparo-me com essa espécie magnifica como essa, vejo o quão egocêntricos somos, e por tão pouco termos. Vejo também, como DEUS é maravilhoso em sua obra infinita.



Característica



Altura De: 90cm / 1 m
Comprimento (fêmea) 1,14 cm / 2,60 m
Comprimento (macho) 2,60 cm / 3 m
Cauda 60 cm / 1 m
Peso (fêmea) 210 Kg / 252 Kg
Peso (macho) 266 Kg / 302 Kg
Filhotes (ninhada) 2 / 4
Gestação 95 dias / 112 dias
Tempo de vida 26 anos

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Sabiá-una



O sabiá-una é uma ave passeriforme da família Turdidae. É conhecido também como sabiá-preta e sabiá-da-mata a fêmea é conhecida como sabiá-parda (Santa Catarina).

Características

Mede cerca de 20,5 cm de comprimento e pesa: macho 64 g; fêmea 72 g.

O macho é preto com as costas e barriga de coloração cinza; a fêmea é marrom-oliváceo nas partes superiores e marrom-amarelado nas partes inferiores, com a garganta estriada de marrom-escuro.

Canto bem variado, rico em motivos dos mais diversos e de duração diferente. Capaz de imitar outras aves.


Alimentação

Onívoro.


Reprodução

Atinge a maturidade sexual aos 12 meses. Faz um ninho raso em formato de xícara. Cada ninhada geralmente tem entre 2 e 3 ovos azulados ou esverdeados com marcas marrom-avermelhadas, tendo de 3 a 4 ninhadas por temporada. Os filhotes nascem após 13 dias.








Hábitos

Vive na mata, em regiões montanhosas. É comum na copa e nas bordas de florestas, capoeiras, clareiras adjacentes e em plantações de café. Em regiões montanhosas da costa brasileira é geralmente a espécie de sabiá mais comum. Vive solitário ou aos pares. É difícil de observar, a não ser quando está se alimentando em árvores frutíferas. Canta normalmente do alto das árvores. Além do próprio canto, imita uma série de outras aves, porém, às vezes, de forma tão grosseira que é difícil distinguir qual pássaro está imitando. Migra durante o inverno, deixando as regiões serranas em busca de lugares mais quentes.

Essa espécie ainda efetua grandes migrações no inverno, principalmente na região do rio Ribeira de Iguape, em Iguape (SP), até à faixa serrana de Santa Catarina. Aproveitando-se disso, muitos habitantes dessas áreas capturam milhares dessas aves para alimento, todos os anos. Até há alguns anos, essa aves eram tradicionalmente vendidas salgadas, em caixotes ou barricas, nas feiras e pequenos mercados de Iguape e região.

São capturados facilmente na migração, por meio de redes armadas à média e baixa altura, atravessadas em picadas ou sobre o leito de pequenos riachos na mata. Eu próprio presenciei na áreas de Iguape e Icapara (SP), nos anos 90, a coleta de sabiás-una feita pelas mulheres de caiçaras, que usavam pequenas tarrafas de pesca, amarradas em duas varas. Elas se posicionavam à beira das picadas, e em pouco tempo traziam dezenas de aves em samburás. Apesar de anti-ecológica, tal caça era totalmente aproveitada como alimento, principalmente pelas crianças caiçaras. — Marcos Massarioli 2009/05/01 14:51


Distribuição Geográfica

Presente em Roraima e da Paraíba ao Rio Grande do Sul. Encontrado também na Colômbia, Venezuela, Guiana, Paraguai e Argentina.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Suco de uva é o elixir da longevidade !


Melhor e mais nutritivo do que o vinho, estudos têm revelado que o suco de uva preta ou rosada pode trazer os mesmos benefícios à saúde por conter os poderosos antioxidantes, chamados flavonóides, aos quais se atribuem os bons efeitos do vinho sobre o coração. Os flavonóides no suco de uva, como os do vinho, se mostraram capazes de evitar a oxidação do chamado mau colesterol, LDL ou lipoproteínas de baixa densidade, que levam à formação de placas nas paredes das artérias.

Comer uvas brancas ou verdes, ou beber seu suco, também não tem o mesmo efeito, porque não contêm os flavonóides que as uvas pretas e rosadas têm.

A tradição atribuiu ao suco de uva as mais elogiosas expressões, como sangue vegetal, leite vegetal e seiva viva. O suco de uva contém mais calorias que o leite, uma certa analogia que pode ser levada mais longe; a composição do suco de uva mostra surpreendentes semelhanças com a do leite materno. É, pois, um alimento privilegiado para os períodos de "reconstrução" da fadiga, da anemia e da convalescença.

O açúcar do suco de uva é composto por glicose e frutose, é diretamente assimilável, não exige nenhum esforço aos órgãos digestivos, é por tal razão aconselhável para a alimentação dos doentes atacados por febre.

Do ponto de vista terapêutico trata-se de um dos mais preciosos sucos. O suco de uva é estimulante das funções hepáticas, constituindo a base de remédios farmacêuticos para o fígado (esta função é desempenhada não apenas pelo suco, como também pela uva e folhas de parreira).

Por ser alcalinizante (combate a acidez sanguínea), é indicado a pessoas intoxicadas pelo excesso do consumo de carne. O suco de uva é um valioso estimulante digestivo pois acelera o metabolismo, eliminando de seu organismo o ácido úrico, causador da fadiga. Além disso, ele ajuda a restabelecer o equilíbrio ácido-alcalino do organismo, necessário para um fornecimento constante e prolongado de energia.

Sucos naturais são formas saborosas de superenergizar seu corpo com energia rápida. Os sucos naturais contêm nutrientes específicos não encontrados em alimentos cozidos e ajudam a proporcionar uma energia fantástica.

Em casos de câncer, obesidade e/ou desintoxicação recomenda-se a dieta de uvas ou sob a forma de suco de uva durante três dias: no primeiro dia consome-se 1 kg de uvas ou suco de uva. As frutas devem estar bem maduras e isentas de produtos tóxicos. Pode-se aumentar a quantidade até 3 kg por dia, distribuída em 6 a 8 refeições ao dia. Esta dieta só poderá ser feita sob supervisão médica.

O segredo das uvas e do suco de uva no combate ao envelhecimento é simples e poderoso: as uvas contém 20 antioxidantes conhecidos, que funcionam em conjunto para combater os radicais livres que promovem as doenças e envelhecimento, de acordo com pesquisadores da Universidade da Califórnia, em Davis. Os antioxidantes encontram-se nas cascas e sementes, e quanto mais vibrante for a casca, maior o seu poder antioxidante. Isso significa que as uvas vermelhas e roxas e o suco de uva roxo são os mais poderosos. A uva vermelha possui alto teor de antioxidante quercetina. A casca da uva contém resveratrol, que comprovadamente inibe o agrupamento de plaquetas e aumenta o colesterol LDL e dilata os vasos sanguíneos.

Sob o aspecto nutricional, os principais constituintes do suco de uva são: água, açúcares, ácidos orgânicos, sais minerais, vitaminas, substâncias nitrogenadas, compostos fenólicos e pectina.

Valor Nutricional em 100 ml de Suco de Uva

Caloria 61 kcal
Carboidratos 14.96 g
Proteínas 0.56 g
Lipídeos 0.08 g
Vitamina A 8.00 UI
Tiamina 0.03 mg
Riboflavina 0.04 mg
Niacina 0.26 mg
Ácido Pantotênico 0.04 mg
Vitamina B6 0.07 mg
Ácido Fólico 2.60 mcg
Vitamina C 0.10 mg
Arginina 47.00 mg
Alanina 86.00 mg
Ácido glutâmico 110.00 mg
Fósforo 14.60 mg
Potássio 170.00mg
Cálcio 7.30 mg
Magnésio 7.10 mg
Cobre 0.053 mg
Zinco 0.14 mg
Ferro 1.30 mg
Manganês 0.33 mg
Sódio 0.53 mg
Enxofre 3.50 mg
Boro 1.40 mg
Cromo 0.013 mcg

FONTES
Faurgs (Faculdade de Agronomia da Universidade do Rio Grande do Sul) Econatura Produtos Ecológicos e Naturais Ltda.
Andréa Abdala Frank - Nutricionista, Prof. do Instituto de Nutrição UFRJ

http://www.vinicolaaurora.com.br

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS