RSS

Cheetah

Morre aos 80 anos o chimpanzé Cheetah, dos filmes de Tarzan
Animal morreu de insuficiência renal, diz o Santuário de Primatas Suncoast.
Cheetah foi parceiro de Tarzan, interpretado por Johnny Weissmuller, em 1930.










(Cheetah morreu aos 80 anos, de insuficiência renal. (Foto: Reprodução / Santuário de Primatas Suncoast)



O Santuário de Primatas Suncoast, de Palm Harbor, Flórida, nos Estados Unidos, informou nesta terça-feira (27) que morreu aos 80 anos o chimpanzé Cheetah, que participou dos filmes de Tarzan da década de 1930.
Cheetah morreu no último sábado, véspera do Natal (24), de insuficiência renal, informou o portal de internet do Suncoast.
De acordo com entrevista da diretora do santuário, Debbie Cobb, ao “Tampa Tribune”, “Cheetah era extrovertido, gostava pintura a dedo e de ver as pessoas sorrirem”. Ela disse que o animal “parecia estar em sintonia com os sentimentos humanos”.
Cheetah foi parceiro de Tarzan a partir de 1930. Na ocasião, Tarzan era interpretado pelo americano e nadador campeão olímpico Johnny Weissmuller.
Segundo Debbie Cobb, Cheetah foi parar no santuário por volta de 1960, e estava doente desde 19 de dezembro.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Ave rara é encontrada em Maricá


Este lindo gavião, espécie nativa da Mata Atlântica, mobilizou equipes do Corpo de Bombeiros de Maricá desde quinta-feira (10/11). A ave, ameaçada de extinção, é um carcará (Polyborus plancus) e está com a asa quebrada, provavelmente por uma linha de pipa. Na última sexta-feira (11/11), técnicos da Secretaria Municipal do Ambiente e Urbanimo e da Defesa Civil levaram o gavião para a Fundação RioZoo, em São Cristóvão, onde será tratado. Após se recuperar, ele voltará para Maricá e será solto em seu habitat natural.

Texto: Rafael Zarôr
Foto: Fernando Silva

Secretaria Municipal de Comunicação:

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Galinha põe 48 ovos







A galinha de uma família de Ilhéus, município no sul da Bahia, colocou 48 ovos, quando o normal é uma média de 13 a 15 ovos no mês. A família conta que tanto a galinha quanto o galo que criam chegaram de forma inesperada, quando ainda eram filhotes. “Meus filhos correram para ver o que era, quando eles [pintinhos] entraram pela porta dos fundos e foram para debaixo da cama, ai nós pegamos e estamos criando até hoje”, lembra Helena Maria Santos, vendedora.

O tempo passou, os animais cresceram e se tornaram o galo Grampão e a galinha Menina Bonita. Eles já fazem parte da família, recebem o carinho das crianças e possuem até casa personalizada. Após os apelos do filho caçula, a família resolveu que não vai comer os ovos e esperará o nascimento dos filhotes. “Eu quero ver os filhotinhos”, destaca Welisson Freitas, estudante.

Embora Menina Bonita viva no ninho, chocando os ovos, a família teve que dar uma ajuda à galinha, porque ela não consegue chocar todos de uma vez. Os 20 ovos que ela consegue ficar em cima são motivo de muita expectativa. “Ela é pequenininha e só conseguiu deitar em cima de 20, e a expectativa é de que nasçam todos, né? A gente tem muito carinho, eles fazem parte da nossa família”, conclui William Freitas, estudante.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Macaco muriqui


RIO - Quando se fala em Muriqui muitas pessoas conhecem apenas o jogador de futebol ou o distrito do município de Mangaratiba, no litoral da região Metropolitana do Rio. No entanto, muriqui também dá nome ao maior primata das Américas. A espécie pouco conhecida está em extinção e conta com apenas 1.300 macacos na natureza. Para tentar aumentar a preservação e popularizar o animal, o Instituto Estadual do Ambiente, Secretaria do Ambiente e a EBX lançam no fim de outubro uma campanha para que o macaco seja o mascote dos Jogos Olímpicos de 2016.

VÍDEO: Confira o vídeo da campanha para incentivar a preservação do macaco

O secretário estadual do Ambiente, Carlos Minc, acredita que o muriqui é uma espécie pouco conhecida e muito ameaçada. Ele ressalta ainda que a ideia da campanha é usar uma das principais características do animal para chamar a atenção do público:

- O muriqui é extremamente afetivo e o abraço é uma de suas grandes marcas. Ele gosta de abraçar os filhotes. Vamos usar essa ideia atrair olhares para um grande símbolo da Mata Atlântica que está ameaçado - ressaltou o secretário.

A presidente da Eco-Atlântica, Paula Breves, estuda a espécie há cinco anos. Segundo ela, não existe um estudo que faça um levantamento mais completo sobre o muriqui.

- Se o macaco for o mascote das olimpídas será possível mostrar para todo o mundo a necessidade de preservá-lo e ampliar as pesquisar sobre a espécie - disse.

A MONTANHA DO PRIMATA: Técnicos vão ao último refúgio do muriqui na Serra dos Órgãos

No vídeo aparecem imagens do muriqui, que na fase adulta pode atingir 1,5 metro e 15 quilos, usando o corpo como uma ponte para os filhotes passarem. Personalidades que apoiam a campanha, como os atores Camila Pitanga, Isabel Fillardis, Sérgio Marone, Cláudia Ventura, Marcos Pasquim, o cantor Chico Buarque, o chef Claude Troisgros, lembram do significado da palavra em tupi-guarani que é "povo manso da floresta" como um possível pedido de paz nos jogos e da semelhança de hospitalidade do macaco com o povo carioca . Além de incentivar a campanha, Gilberto Gil também cedeu os direitos da música "Aquele abraço" que ilustra o mote do clipe que é o abraço do muriqui.

O diretor de sustentabilidade da EBX, Paulo Monteiro, espera que as caracteristicas dóceis do macaco como gentileza e a graça façam a campanha crescer. Ele ressalta ainda que a iniciativa também pode ajudar a divulgar o corredor ecológico que preserva o macaco.

- Trabalhamos com o Corredor Ecológico do Muriqui, desde 2008. Espero que a divulgação conscientize ainda mais para a importância da preservação desss espécie com alto risco de extinção - afirmou.

O Corredor Ecológico do Muriqui é uma área de 400 mil hectares entre os parques estaduais do Desengano, dos Três Picos e a Reserva Biológica União. O objetivo é ampliar a biodiversidade e aumentar as chances de reprodução e preservação do muriqui e outras espécies.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/rio/rio2016/mat/2011/10/05/campanha-para-que-macaco-muriqui-seja-mascote-dos-jogos-olimpicos-de-2016-sera-lancada-no-fim-de-outubro-925523644.asp#ixzz1cOGf4sl9
© 1996 - 2011. Todos os direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Idéia de Gênio.

"Embalagem ecológicamente correta"




Fui ao supermercado esse dias e encontrei essa embalagem super interessante.


O melhor, é que comprei o mesmo 1L de leite de sempre,porém paguei um pouco menos.

Simplesmente por causa da embalagem. Alem do mais a embalagem é asséptica ,reciclável e ecológicamente correta.

Me surpreendi ao provar, pois é um leite súper saboroso e suave. Um leite que lembra minha infância. Um leite que é possível parar para sentir, saborear, degustar cada gole. Portanto, estou aqui apenas para parabenizá-los pelo ótimo leite que produzem, e continuem SEMPRE com essa qualidade!

A empresa responsável por este produto é a Pavlat, empresa de Laticínios com sede na cidade de Paverama-RS.

A Pavlat, adaptou o sistema de embalagem Dupont Pouch para o leite UHT.
"Além do baixo custo, as embalagens proporcionam vantagens logísticas importantes, como a preservação das propriedades nutricionais, sabor e qualidade do alimento por um período até de três meses, sem necessidade de refrigeração", afirmou Ercio Vanor Klein, sócio diretor da Pavlat.

Dupont Pouch é um sistema de embalagem flexível, ideal para alimentos líquidos e pastosos perecíveis. Este sistema possibilita uma vida útil de ate 12 meses na conservação do produto sem necessidade de refrigeração. Parabéns para todos da Pavlat.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

tigresa amamenta filhotes de outra espécie na China

Filhotes de tigre-de-bengala estavam prestes a passar fome porque sua mãe não estava produzindo leite suficiente para todos. Veja:


Uma tigresa da subespécie siberiana assumiu o papel de mãe de cinco filhotes de tigres-de-bengala brancos, em uma reserva no nordeste da China.



Com uma semana de vida, os cinco filhotes estavam prestes a passar fome porque mãe deles não tinha leite suficiente para amamentá-los. Veja:


O funcionário do parque disse que eles decidiram fazer a experiência porque a tigresa-siberiana havia dado a luz a há pouco tempo e tinha bastante leite.



Ele explicou que um filhote foi levado de cada vez, para que ela se acostumasse com eles.



Segundo os administradores da reserva, eles vão ser mostrados ao público daqui cerca de dois meses.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Vida e meio ambiente


Conferência Rio+20 terá como foco incentivo a energias limpas
POR JOÃO RICARDO GONÇALVES

Rio - Em vez de custosos acordos globais para estabelecer metas de corte de emissões de carbono — emperrados desde a década de 90 — a Rio+20 (Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, sediada no Rio ano que vem), terá como foco incentivar energias limpas para combater o aquecimento global. Segundo o diretor executivo da conferência, Brice Lalonde, um dos resultados mais importantes do encontro seria o barateamento de fontes de energia com a solar.

A Rio+20 fará parte de uma família de grandes encontros sobre o Meio Ambiente que começou em Estocolmo em 72, passando pela Eco 92, também no Rio, e pela Rio+10, na África do Sul. Depois da Eco 92, aconteceram cúpulas menores, as Convenções das Partes (COP), que buscaram o acordo de corte de emissões.

O processo, entretanto, ficou paralisado com a discussão sobre a retificação do Protocolo de Kyoto, acordo formulado em 1997. Basicamente os EUA não assinaram o acordo de metas de corte de carbono alegando que ele prejudicaria sua economia. Países emergentes argumentam que os cortes para os ricos devem ser maiores.

Lalonde esteve no Rio de Janeiro na última semana e falou sobre chance de entendimento na Rio+20. “Acredito que vamos nos concentrar no aumento das fontes de energia renovável. Ele e os cortes são duas maneiras de atingir o mesmo resultado”, afirmou.

Destaque do Brasil

Especialistas acreditam que a Rio+20 é o palco ideal para países ricos e em desenvolvimento chegarem a acordos para incentivar a energia solar, com, por exemplo, transferência de tecnologia. “A maior parte das pessoas acredita que a energia solar apresenta a maior promessa de redução de custos, mas apenas se tivermos incentivos para a criação de um mercado forte”, disse Lalonde.

O francês também ressaltou o destaque que se espera do Brasil, com EUA e Europa em crise. “Precisamos da liderança do Brasil, especialmente porque podemos ver o sucesso brasileiro em áreas como economia, solidariedade social e, espero, em proteção do ambiente”, concluiu.

Outras conferências

>> A PRIMEIRA
A primeira reunião global para debater a influência do homem sobre o Meio Ambiente aconteceu em 1972, em Estocolmo, na Suécia. Mais de 400 ONGs e 113 países participaram do encontro, que também abordou temas relativos aos Direitos Humanos, como o fim do Apartheid.

>> NO RIO
Em 1992, no Rio, foi estabelecido o início das Convenções das Partes (COPs) e houve assinatura de acordos como a Agenda 21. A partir da Eco 92, também se decidiu que seriam realizadas COPs em intervalos menores.

>> COPs
A COP mais importante até hoje aconteceu em Kyoto, no Japão, com a formulação do protocolo com o nome da cidade. As últimas duas grandes conferências — em Copenhague e no México — terminaram sem acordos significativos.

Fonte: ODIA ONLNE_CIÊNCIA

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Borboleta Azul


A borboleta azul de Miami, que habita o arquipélago de Florida Keys, se tornou nesta quarta-feira (10/8) uma espécie protegida pelas autoridades americanas em uma tentativa de evitar sua extinção.

+ Sem lugar, pássaros fazem ninho em cinzeiro na Irlanda

O Departamento de Pesca e Vida Silvestre dos Estados Unidos decidiu estabelecer uma proteção de emergência temporária sobre esta espécie, que habita no extremo mais sudeste do país e que ocupava amplas áreas da península da Flórida.

A intenção das autoridades é atrair a atenção de ambientalistas e cientistas para que aumentem as pesquisas sobre a borboleta azul e os fundos destinados a manter seu ecossistema e garantir sua sobrevivência.

+ Museu de Nova York expõe borboletas tropicais em estufa

A proteção à borboleta estará vigente por 240 dias, mas as autoridades estão atuando para prolongar esse prazo.

A partir de agora também será considerado crime tentar apanhar alguma borboleta azul de Miami para colecionar, comercializar ou exportar.

Uma das maiores ameaças que as borboletas enfrentam são as tempestades tropicais e furacões que costumam atingir o Caribe nessa época do ano.

(Foto: Jaret C. Daniels/EFE)

Siga os bichos no Twitter em @planetabicho

O Planeta Bicho também está no Facebook . Passe lá para curtir

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Panda-vermelho

O Zoológico Nacional Smithsonian, que mantém duas unidades nos Estados Unidos, divulgou no último dia 21 de julho o nascimento de quatro filhotes de panda-vermelho (Ailurus fulgens).
De acordo com o zoo, dois filhotes do sexo feminino nasceram em 5 de junho de uma fêmea chamada "Lao Mei", abrigada em um instituto de pesquisas pertencente ao Smithsonian, em Front Royal, na Virginia.

Veterinária examina um dos filhotes de panda-vermelho nascidos no instituto pertencente ao Smithsonian, localizado na Virginia (Foto: Divulgação/Mehgan Murphy/Smithsonian's National Zoo)

Duas semanas depois, no dia 17 de junho, foi a vez da fêmea de panda-vermelho de nome "Shama" dar à luz a outros dois filhotes na unidade de Washington. O sexo dos bebês não foi revelado.
Veterinários afirmaram que os quatro recém-nascidos estão ganhando peso e aparentam estar saudáveis. A exposição ao público desses animais está atualmente fechada. A previsão é que a partir de setembro a visitação poderá ser iniciada.
Segundo a administração do Smithsonian, desde 1962 já nasceram 100 filhotes de panda-vermelho em cativeiro somente nas instalações do zoo, nos EUA.

Um dos filhotes de panda-vermelho que nasceu nos Estados Unidos. De acordo com o zoológico Smithsonian, quatro filhotes da espécie nasceram em junho nas unidades de Washington e da Virginia (Foto: Divulgação/Mehgan Murphy/Smithsonian's National Zoo)
tópicos:
Estados Unidos da América

Fonte:G1 natureza.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Meio Ambiente


Atualmente o homem vem se esquecedno do meio ambiente, muito mais do que isso, ele esqueceu a importância do meio ambiente para ele mesmo.


O grande problema é que com tantos avanços que surgem, científicos, por exemplo, faz com que o ser humano tome atitudes errados ao meio ambiente, hoje a poluição está aumentando cada vez mais, devido ao grande aumento de indústrias, a fumaça de automóveis, etc., a degradação do solo, que nos alimenta é outro fator que vem prejudicando muito, pois ainda contamina a água que bebemos, uma vez que desta não podemos ficar sem.


O grande problema é que o ser humano pensa ser o dono da Terra, porém,só fazemos parte dela.


Queremos dominar a natureza, mas o que precisa acontecer, é vivermos em harmonia com ela.


O que nós seres humanos ainda não entendemos é que o meio ambiente é de extrema importância pra nossa própria sobrevivência.


O meio ambiente além de grandes benefícios para o ser humanos, oferece as condições essenciais para a sobrevivência e evolução. Nós não nos sustentamos sem água potável, ar puro, solo fértil e sem um clima ameno. E outra coisa,não há economia sem um ambiente estável.


Solução:


Consciência. Isso é o que realmente falta, o ser humano não pensa mais no futuro, não lembra-se do próximo, hoje vivemos de uma maneira ruim, e no futuro então?! O que será???


Viver o hoje, mas jamais se esquecer do futuro!!!

By Caroline Feria

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

ARARA AZUL GRANDE


O Ibama acaba de criar um comitê de especialistas para cuidar especificamente dos assuntos relacionados à conservação e ao manejo da arara-azul-grande (Anodorhynchus hyacintinus). Até hoje, esta arara (foto) dividia com outra do mesmo gênero - a arara-azul-de-lear (Anodorhynchus leari) - um único comitê. A espécie, também conhecida como arara-una, está ameaçada de extinção e deverá constar da nova lista vermelha do Ibama na categoria de vulnerável. Com um comitê exclusivo, a arara-azul-grande deverá receber mais atenção das instituições envolvidas no manejo e conservação da espécie.

Além do Ibama, que coordenará as ações do comitê, fazem parte do novo grupo a Sociedade de Zoológicos do Brasil (SZB) e a Sociedade Brasileira de Ornitologia (SBO). Entre os especialistas que discutirão as diretrizes para a arara-azul-grande, estão os biólogos Neiva Guedes ? coordenadora do Programa Arara-Azul, Yara de Melo Barros, do Ibama, Ricardo Bonfim Machado, da Conservation International e o ornitólogo Pedro Scherer Neto, do Museu Capão da Imbuia.

O comitê, de caráter consultivo, terá como uma das principais atribuições o estabelecimento de estratégias para estudo, manejo e conservação da arara-azul-grande com o objetivo de alcançar o estabelecimento de populações geneticamente viáveis da espécie. A meta é evitar que a arara atinja o mesmo grau de ameaça que já levou ao desaparecimento da natureza a ararinha-azul (Cyanopsitta spiixi) e reduziu a população de araras-azuis-de-lear (Anodorhynchus leari) a cerca de 400 indivíduos em estado selvagem.

A arara-azul grande se destaca pela sua beleza e por ser o maior dos psitacídeos (papagaios, periquitos, araras, maritacas, etc) existentes, chegando a medir um metro da ponta do bico à ponta da cauda, com peso de 1,3 kg.

PRIORIDADES

A arara-azul-grande se tornou símbolo do Pantretal matrogrossense, graças, sobretudo, ao trabalho desenvolvido nos últimos anos pela equipe da bióloga Neiva Guedes, do Projeto Arara-Azul, que conseguiu reverter a trajetória de ameaça de extinção em que a ave se encontrava. Além dessa região, a arara-azul-grande também pode pode ser localizada nos estados de Tocantins, Pará, Maranhão e região norte da Bahia.

Todavia, a única população sobre a qual se tem maior conhecimento e controle é a que habita o Pantretal. Nas demais regiões de ocorrência da ave, o levantamento sobre as populações, bem como as pesquisas seus hábitos e sua ecologia estão apenas no começo. Os projetos de conservação para as araras dessa espécie nas respectivas regiões deverão ser uma das discussões mais imediatas do comitê.

Além disso, é preciso saber exatamente quantas aves dessa espécie estão em poder dos criadouros científicos e conservacionistas, para que se estabeleça uma política de manejo dessas aves em cativeiro. Assim como ocorre para outras espécies ameaçadas, a população cativa representa um patrimônio importante para pesquisas genéticas, de comportamento e mesmo para programas de reintroduções na natureza.

Fonte: www.mma.gov.br

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Canário de Canto Clássico Harzer Roller


"Canário de Harzer Roller também conhecido como Canário Roller ou Canário de Canto Clássico, surgiu por volta de 1600 na Alemanha, próximo às montanhas de Harz, a principio se percebeu alguns canários que cantavam de maneira diferente, cantavam com o bico fechado e um som rolado. Devido à beleza do seu canto logo se espalhou por toda a Alemanha e recebeu o nome de Deutsch Edel Roller, (Canário Nobre Alemão de Canto Rolado) em seguida se espalhou por toda a Europa e recebeu o nome de Edel Roller (Nobre Rolador).

Não se sabe ao certo como surgiu o canto rolado, o que podemos contar, sem bases históricas, quase como lenda é que por volta de 1600 os mineiros da região de Harz, na aldeia de Andreasberg, criavam os canários como aves domésticas e começaram a levar essas aves para o trabalho dentro das minas, em pequenas gaiolas, no começo era somente para se alegrarem com o seu canto, mas logo perceberam que quando aumentava a quantidade de gases no interior das minas os canários se ouriçavam, embolavam, como naquela época não havia instrumentos para detectar a presença de gases, os canários eram muito úteis, pois assim que começavam a embolar os mineiros se retiravam, evitando serem asfixiados pelos gases. Eles funcionavam como um detector de gases. Neste regime de pouca luz e silêncio começaram a cantar mais baixo e grave, assim, por seleção surgiu uma nova raça, o canário de ´´Harzer Roller`´.

O canário Roller canta de bico fechado, modulando sua canção com tons graves e agudos, sempre de maneira suave e rolado. É característica peculiar a raça dos canários desenvolvida no Harz.

O canto do Canário Roller, é o mais requintado da espécie, apresenta nove variações sonoras chamadas de Tours (jeito), quanto mais grave o tom maior seu valor, as variações na suas execuções vocais são adquiridas por herança genética, e vem sendo aprimorado através de uma rigorosa selecção dirigida para o aperfeiçoamento do canto.

As tours superiores que compõem o canto do Canário Roller, pontuadas em até 27
pontos são:

Hohlrollen, (Rolado oco)- Consoante ´´r´´ dá o caráter rolante, vogais ´´u´´, ´´o´´ e ´´ü´´.

Knorren (baixo)- Consoante inicial ``r´´, ``k´´ e ´´g´´, consoante ´´rr´´ vogais ´´o´´ e ´´u´´.

Wasserrolen (jeito de água)- Consoante dupla ´´bl´´ ou ´´wl´´, vogais ´´a´´, ´´ü´´, ´´o´´ e ´´u´´

As tours medias que compõem o canto do Canário Roller, pontuadas em até 18 pontos são:

Schockeln (gargalhada)- Consoante ´´h´´, vogais ´´a´´, ´´ü´´, ´´o´´ e ´´u´´.

Glucken (galinha choca)- Consoante inicial ´´gl´´ e ´´kl´´, consoante ´´c´´, ´´k´´ e ´´ck´´, vogais ´´ü´´, ´´o´´ e ´´u´´.

Pfeifen (flauta)- Consoante ``d´´, vogais `` i´´, ´´ü´´, ´´o´´, ´´u´´ e ´´au´´.

Hohlklingeln (campainha oca)- Consoante ´´l´´ e ´´h´´, vogais ´´ü´´, ´´o´´ e ´´u´´.

As tours inferiores que compõem o canto do Canário Roller, pontuadas em até 9 pontos são:

Klinguel (campainha )- Consoante ´´l´´ e ´´h´´, vogais ´´i´´.

Klingelrolle (Rolado oco)- Consoante ´´r´´ dá o caráter rolante, vogais ´´i´´.

Em geral o canário intercala as tours básicas com uma ou duas de adorno, o estilo e a beleza do canto podem variar com o treino, assim os exemplares que participam de concurso devem ser treinados.

Os Rollers concorrem sempre em quartetos ou duetos, actualmente os concursos de canto clássico são divididos em quatro

grupos de acordo com sua cor.

Grupo I - Amarelos, Verdes e Pintados nestas cores.

Grupo II - Brancos, Azuis e Pintados nestas cores.

Grupo III - Com Topete de qualquer cor.

Grupo IV - Outras Cores (actualmente são apresentados na cor Opalino)

No Grupo I concorrem somente quartetos, já os demais grupos podem concorrer em duplas, uma vez que existem poucos exemplares. "

Fonte: canariculturatuga

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS